quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Ciclo de atividades no Campus Sorocaba da UFSCar relembra os 100 anos da Primeira Guerra Mundial


Programação gratuita e aberta a todos os interessados prevê palestras, mesas de debates e exibição de documentários

Entre os dias 8 e 11 de setembro, o Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) realiza o evento "1914-2014: Cem Anos da Primeira Grande Guerra Mundial". O objetivo é relembrar a data do início das hostilidades que culminaram em um conflito de proporções mundiais. Trata-se de uma iniciativa do Departamento de Geografia, Turismo e Humanidades (DGTH) da UFSCar, através do Núcleo de Humanidades. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 8 de setembro. Todos os participantes receberam certificado. 

A programação do evento será composta por palestrantes convidados e mesas de debates, além da exibição de documentários com imagens da época. A socióloga e pesquisadora da USP, Cila Lima, por exemplo, abordará o tema "Primeira Guerra Mundial: questões muçulmanas implicadas no conflito". Já a professora Mônica Caron, do DGTH, ministrará palestra sobre a produção literária relacionada à Primeira Guerra Mundial. O site do evento disponibilizará, em breve, a programação completa da atividade e atualmente mantém um acervo de imagens, textos e links relacionados à Primeira Guerra Mundial. 

A coordenadora do evento, professora Rita de Cássia Lana, do DGTH, explica que a data escolhida para a realização do ciclo de atividades "relembra a ocorrência da Batalha de Marne (de 5 a 12 de setembro de 1914), na França, considerada por diversos especialistas em história militar como uma das mais relevantes e sangrentas do conflito". A professora ainda ressalta relevância de se discutir a Primeira Guerra mesmo 100 anos após o inicio. "Muitos concordam que, dentre as consequências que permanecem até hoje entre nós, destaca-se a aceleração do processo de descolonização, com a decadência dos antigos impérios coloniais e o surgimento de outras vertentes de imperialismo (influência econômica dos Estados Unidos, acentuadamente após a Grande Depressão e o surgimento da URSS, a partir de 1917). Na área da medicina, muitas técnicas cirúrgicas e inovações para os problemas de mutilados e feridos de guerra, busca de novas drogas e métodos de tratamento de doenças surgiram no front".

As inscrições podem ser feitas online até dia 5 de setembro ou até o dia 8 de setembro pessoalmente no auditório do edifício ATLab da UFSCar. O Campus Sorocaba fica na Rodovia João Leme dos Santos (SP-264), Km 110 Bairro do Itinga.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

As Sete Irmãs - Lucinda Riley

Lucinda Riley é uma escritora irlandesa que tem cinco de seus livros publicados no Brasil, e com vários títulos nas listas de mais vendidos em todo o mundo.

Em 2012, Lucinda veio pela primeira vez ao Brasil para participar da Bienal do Livro de São Paulo, e foi aí que ela teve inspiração para escrever não um, mas sete livros. Os sete volumes que compõem a saga "As Sete Irmãs".
Ela fez uma profunda pesquisa sobre a história do Rio de Janeiro e a construção do Cristo Redentor. Quando visitou o Corcovado, conversou com a cineasta Bel Noronha, bisneta do brasileiro Heitor da Silva Costa (1873-1947), engenheiro responsável pela construção da estátua.

Confira toda a história no vídeo a seguir, com entrevista concedida ao Saraiva Conteúdo.

Agora, em 2014, ela voltou à Bienal para uma sessão de autógrafos e conversa com os leitores.

As Sete Irmãs conta a história de Maia D Apliése e suas cinco irmãs, que estão reunidas no lar de sua infância, Atlantis um fabuloso castelo isolado às margens do Lago Genebra , e acabam de saber que o seu amado pai, o misterioso bilionário Pa Salt, está morto. As irmãs foram adotadas por ele quando eram bebês, e, agora, descobrindo que seu pai foi sepultado no mar, cada uma delas recebe uma intrigante pista sobre sua verdadeira origem uma pista que leva Maia a atravessar o mundo a fim de conhecer uma mansão em ruínas no Rio de Janeiro. É lá que ela começa a juntar as peças de sua história.

Oitenta anos antes, em plena Belle Epoque do Rio, em 1927, o pai de Izabela Bonifácio deseja que a filha faça um bom casamento e consiga fazer parte da elite da cidade. Enquanto isso, o arquiteto Heitor da Silva Costa trabalha em uma estátua batizada como Cristo Redentor, e está de viagem marcada para Paris a fim de encontrar o escultor perfeito para concluir o seu projeto. Sonhadora e desejosa de conhecer o mundo, Izabela convence seu pai a deixá-la acompanhar o Sr. Heitor e sua família à Europa antes de se casar. Em Paris, no ateliê de Paul Landowski, ela conhece o jovem e ambicioso artista Laurent Brouilly, e sabe desde então que sua vida nunca mais será a mesma.

Neste conto épico e arrebatador sobre amor e perda o primeiro de uma série excepcional e encantadora de sete livros , Lucinda Riley exibe seu talento de contadora de histórias como nunca antes se viu.

Seus outros títulos publicados são A Casa das Orquídeas, A Luz Através da Janela e A Garota do Penhasco.
É muito bom ter uma autora estrangeira que se encantou com nosso país e usou parte da história de uma de nossas maiores, e mais lindas, cidades em sua obra.

E você, já leu algum destes livros?  Deixe seus comentários.
Até a próxima!

terça-feira, 26 de agosto de 2014

"Quatro: histórias da série Divergente" chega em outubro

As quatro novas histórias da série Divergente, narradas sob o ponto de vista de Tobias (o Quatro), serão publicadas em outubro pela Rocco Jovens Leitores. A coletânea Quatro: histórias da série Divergente, de Veronica Roth, traz ainda três cenas exclusivas.

Os contos A transferência, A iniciação e O filho mostram o processo de fortalecimento do personagem antes de seu encontro com Tris, revelando como foi a sua transferência da Abnegação para a Audácia. Já na última história, O traidor, os leitores poderão conhecer os sentimentos de Quatro após conhecer a jovem inicianda da Audácia.

Quem está ansioso para ler mais um pouco da saga?  \o/

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Não Se Apega, Não - Isabela Freitas

"Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos."

É essa a ideia principal do livro de Isabela Freitas, blogueira de 23 anos, mineira de Juiz de Fora.
Em 2011, começou seu blog isabelafreitas.com.br, que já soma mais de 60 milhões de visualizações. Estudante de Direito, pretende cursar Jornalismo um dia.
A obra já alcançou o segundo lugar entre os mais vendidos, segundo lista da revista Veja. Em sua primeira publicação, a autora narra os percalços vividos pela personagem Isabela para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, preservando o seu lado romântico.

Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar o namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.
Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, com as tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.

Você pode ler um trecho do livro neste link.
Cada capítulo começa com uma frase, um tweet escrito por ela. A diagramação do livro é lin-da.

A Isa também tem uma coleção de camisetas lindas na LOLJA, que também é de Juiz de Fora. Confira neste link.

E você tem dificuldade para desapegar?
Deixe seus comentários, histórias, e se leu o livro, diga o que achou.  ;)

Até a próxima!

Festival Multimídia CONTATO acontece de 8 a 14 de setembro em São Carlos

Festival reúne música, artes visuais, arte eletrônica, cinema, gastronomia e economia solidária em atividades para todos os públicos


Realizado anualmente na cidade de São Carlos, o Festival CONTATO chega a sua 8ª edição como um dos destaques da programação artístico-cultural do interior do Estado de São Paulo. Contando com atividades que integram música, artes visuais, arte eletrônica e audiovisual, o Festival é uma realização da UFSCar e do Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (PROAC) e acontece entre os dias 8 e 14 de setembro. Seu objetivo é exercer o papel de articulador, ao colocar projetos, pessoas, público e artistas literalmente em contato.

O Festival é realizado de forma aberta e colaborativa, uma vez que qualquer interessado pode comparecer às reuniões de produção, seja pessoal ou virtualmente. A cada edição, o CONTATO elege um tema a partir das pautas mais recorrentes das vidas nas ruas e nas redes e que se relacione com a nuvem de temas do Festival: tecnologias livres, democratização do acesso aos meios de comunicação, produção independente, colaboratividade, economia solidária, meio ambiente. Para esta edição o tema escolhido foi "sem filtros", a partir da ideia de mostrar o corpo em movimento, o corpo livre de esteriótipos e influências, o corpo individual.

A programação deste ano, assim como nas edições anteriores, valoriza as diversas expressões artísticas, criando conexões entre elas. As atividades na área de cinema envolvem cineclubes e a exibição de filmes brasileiros, como "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho". Já o CONTATO Eletrônico mescla projetos universitários com produções inéditas, como a Laguna Sampler, projeção no lago da UFSCar com acompanhamento sonoro. O evento tem ainda programação especial voltada para crianças, terceira idade, oficinas culturais, projetos sustentáveis e feira de economia solidária.

Já a programação musical conta com nomes consolidados no cenário independente nacional, como OTTO e Cérebro Eletrônico, além de novos nomes como a curitibana Karol Conka. Nas atrações internacionais, estão presentes Ana Tijoux e Miss Bolivia, com o melhor da nova cena latina. O show de abertura será de Guizado, lançando seu terceiro disco no Teatro Universitário Florestan Fernandes, na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar.

O Festival conta também, desde 2010, com o festival gastronômico "Saia Para Jantar" em parceria com diversos restaurantes locais, oferecendo pratos exclusivos a preços acessíveis, a fim de movimentar a economia local e levar novos clientes às mesas espalhadas pela cidade. O "Saia Para Jantar" acontece de 1º de setembro a 5 de outubro e os restaurantes participantes podem ser conferidos na página do Facebook em www.facebook.com/saiaparajantar

O CONTATO, em suas edições anteriores, trouxe a São Carlos mais de 150 bandas, além de mais de 50 DJs, oficinas e debates. Para este ano, há um público estimado de 25 mil pessoas em sete dias de atividades gratuitas, sendo dois dias de shows em praça pública. O evento planeja criar mais de 600 empregos diretos e indiretos e investir aproximadamente R$1 milhão na economia local e regional.

Para mais informações, sugestões e interesse em participar da realização do evento é possível entrar em contato com a equipe de produção pelo email festivalcontato@gmail.com ou pela página no Facebook. Os dias e horários das atividades serão divulgados no site do Festival em www.contato.ufscar.br.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Cemitério de Dragões - Raphael Draccon

Neste mês de agosto, está sendo lançado o novo livro de Raphael Draccon, "Cemitério de Dragões".
Confira a seguir a capa e a sinopse.
Um soldado de elite do exército americano desaparecido em uma missão no Afeganistão.
Uma africana guerrilheira crescida em meio a conflitos étnicos de Ruanda.
Uma garçonete irlandesa praticante de artes marciais mistas.
Um hacker brasileiro descendente de orientais.
Um dublê francês mestre em Parkour.

Em diferentes pontos do planeta Terra, cinco pessoas com histórias e origens completamente distintas desaparecem por motivos variados e acordam numa outra realidade. Em meio a guerras envolvendo demônios, dragões, homens-leão, seres fantásticos e metal vivo, os cinco precisam compreender os motivos de estarem ali e combater um mal que talvez não possa ser impedido.

Este é o mote de Cemitérios de dragões, novo livro de Raphael Draccon, que marca a estreia do selo Fantástica, junto com O Reino das Vozes que Não se Calam, de Carolina Munhóz e Sophia Abrahão. No livro, o autor de Dragões de Éter apresenta uma versão moderna de um universo inspirado por séries queridas por toda uma geração como Jaspion, Changeman, Flashman, Black Kamen Rider e Power Rangers.

Cemitérios de Dragões já está disponível em pré-venda nas seguintes lojas: Livraria da Travessa, Ponto Frio, Extra, Livraria da Cultura, Saraiva e Siciliano.
E em formato digital (e-book) nas seguintes lojas: Livraria da Travessa, Saraiva, Google Play, Amazon e iTunes

Quem já leu algo do Draccon sabe da capacidade dele de fazer você mergulhar na história e viver naquele mundo durante a leitura.
Este é o primeiro de uma trilogia, e não podemos esperar pelos próximos. \o/

Deixe seus comentários.

Até a próxima!

Trailer teste de “Deadpool” é lançado oficialmente

A 21th Century Fox divulgou uma versão oficial e em alta definição de um teaser do filme do Deadpool, com toda a captura de movimento e dublagem feita pelo ator Ryan Reynolds.
O trailer foi feito todo em CGI, pois se trata de um teste (teaser footage) para o filme. A animação e produção foram realizadas pelo diretor Tim Miller.
O criador do personagem, Rob Liefeld, confirmou a legitimidade do trailer, disse que esse filme seria bem mais próximo das HQs e deixaria os fãs felizes, e agradeceu a quem vazou o vídeo.
A Fox ainda não confirmou se o filme vai realmente sair do papel e nem deu uma possível data de lançamento para ele.

Confira a versão legendada, feita pelo site Deadpool BR.
(Reparem que ele canta "Hollaback Girl" no começo do vídeo, hahahaha)

Herói das HQs da Marvel, Deadpool apareceu pela primeira vez na revista “The New Mutants” n° 98, em fevereiro de 1991 (no Brasil, “X-Men” n° 72, da Editora Abril).
Seu verdadeiro nome é desconhecido, mas quando questionado sobre isso, ele diz se chamar Wilson Wade. Deadpool é muito bem humorado, apesar de sua história ser trágica. Ele teve câncer diagnosticado, não sendo possível fazer nenhum tratamento médico para cura. Ele então aceita uma proposta para passar por uma experiência para salvar sua vida. Foi cobaia do projeto Arma X, do governo canadense, que tinha o objetivo de criar “máquinas de guerra” humanas. A mesma organização que fez experiências com Wolverine anos antes. Os cientistas aproveitaram que Wade depositou todas suas esperanças nas mãos deles e injetaram artificialmente em seu corpo o fator de cura de Wolverine.


A experiência foi quase bem sucedida. O corpo de Wade passou a ter alto e rápido poder de cicatrização, como Wolverine (isso era o objetivo da experiência). Porém, aconteceram duas outras reações. Primeiro, o fator de cura de Wade vai além ao de Wolverine e seu corpo também pode se auto-regenerar. Segundo, houve uma rejeição do organismo de Wade ao procedimento que deformou completamente toda a pele do seu corpo, deixando-o com uma aparência “bizarra”.
Mesmo curado do câncer, Wade não aceita o que aconteceu com sua aparência e fica fora de si. Ele foge do laboratório (depois de matar algumas pessoas) e passa a ser Deadpool, um mercenário. Seu uniforme é inteiramente fechado não por simples estética, mas para ocultar sua deformidade. Deadpool possui grandes habilidades em artes marciais e utiliza um aparelho de teletransporte quando está “em ação”.

Testament of Youth - Confira o trailer do filme com Kit Harington sobre a 1ª Guerra Mundial

Testament of Youth, adaptação do livro de Vera Brittain, com Alicia Vikander e Kir Harington (o Jon Snow, de Game of Thrones) como protagonistas, ganhou seu primeiro trailer.

O filme é baseado na história real e memórias de Vera Brittain. Irreprimível, inteligente e livre de espírito, ela tenta superar os preconceitos de sua família e de sua cidade para ganhar uma bolsa de estudos em Oxford. Ela se apaixona pelo amigo de seu irmão, Roland Leighton, enquanto os dois vão para a universidade perseguir seus sonhos literários. Mas a Primeira Guerra Mundial chega e, quando os meninos partem para a guerra, Vera percebe que não pode ficar de braços cruzados enquanto seus colegas lutam por seu país, por isso se voluntaria como enfermeira.
Ela trabalha incansavelmente, enfrentando toda a tristeza da guerra, e com os pilares do mundo se estilhaçando. Mas, Vera resiste, redescobre o amor e volta para Oxford, determinada a criar um mundo em que a guerra nunca possa acontecer novamente.



O livro foi aclamado como um clássico pela sua descrição dos efeitos da Primeira Guerra Mundial na vida das mulheres e da população de classe média da Grã-Bretanha. Mostra o impacto estendido ao longo dos anos pós-guerra. Também é considerado um clássico da literatura feminista pela sua descrição de luta pioneira de uma mulher para forjar uma carreira independente, em uma sociedade tolerante com as mulheres apenas de má vontade.

O elenco conta ainda com Taron Egerton, Colin Morgan, Dominic West, Emily Watson, Hayley Atwell e Anna Chancellor. A direção é de James Kent.
Testament of Youth tem previsão de estreia para o início de 2015.

Google vai abrir campus para startups em São Paulo

A cidade de São Paulo terá o próximo Campus Google. Os campi são espaços do Google nos quais os empreendedores aprendem, se conectam e fundam empresas de alto impacto, que podem mudar o mundo. No Campus São Paulo, eles receberão orientação e treinamento de integrantes da comunidade local destartups, incluindo profissionais experientes e especialistas do Google. Os empreendedores também terão acesso à internet banda larga e a um ambiente de trabalho propício ao surgimento de grandes ideias. Ocampus paulistano deve entrar em operação no ano que vem.

Campus São Paulo entrará para a família do Google for Entrepreneurs e fará companhia aos campi de Londres (Inglaterra), Tel Aviv (Israel) e ao recém-anunciado Campus de Varsóvia (Polônia). Por isso, os empreendedores brasileiros também se beneficiarão das outras redes de startups que fazem parte da Google for Entrepreneurs.

Do Projeto Loon, que ajudou a conectar uma escola rural no Piauí pela primeira vez à internet, ao Google Launchpad, um programa de treinamento exclusivo que está sendo realizado esta semana no Rio de Janeiro, o Google está comprometido a estimular a inovação em todo o Brasil. “O país já abriga startups incríveis, como EasyTaxi, ContaAzul, GetNinjas e KeKanto, e estamos confiantes que o Campus São Paulo dará apoio e ajudará a fomentar a próxima geração de grandes empreendedores brasileiros”, anunciou a empresa.

Fonte: Portal Anpei