terça-feira, 18 de agosto de 2015

"Escola de Você" estimula crescimento profissional das mulheres

Visando criar uma plataforma de aprendizagem para o empoderamento das mulheres, nasceu em 2014 a Escola de Você, com foco no desenvolvimento pessoal e profissional de milhares de mulheres do Brasil. 
O projeto é liderado pelas jornalistas Ana Paula Padrão e Natália Leite e tem parceiros de peso, como a Universidade de Brasília (UNB) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 
Na primeira turma, mais de 20 mil alunas de mais de 2.200 municípios brasileiros participaram. Hoje, a escola tem formada sua terceira turma.

O curso tem duração de 3 meses, é gratuito, certificado pela UNB e faz parte de um projeto internacional de pesquisa apoiado pelo BID, uma das mais importantes instituições globais de combate às desigualdades sociais.

Nas aulas, vídeos de até 5 minutos reúnem conceitos de administração, psicologia, comunicação e técnicas de relacionamentos, com dicas simples para a aluna por em prática em seu dia a dia. 

A maior inovação desse projeto, além da metodologia, dos conteúdos e das ferramentas de aprendizagem, é trabalhar a autoestima das mulheres. A educação, na maioria dos casos, não vê a mulher em sua integralidade, e a Escola de Você visa auxiliar mulheres a descobrirem o próprio valor e trabalhar temas como relacionamento, comportamento, autoconhecimento, trabalho, tudo com dicas muito práticas e embasamento científico.

Além de Ana Paula e Natália no comando, a Escola de Você conta com a colaboração de Soraia Schutel, mestre em Administração e doutoranda em Administração pela UFRGS na área de Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade. 
Tem ainda Patrícia Tucci, pioneira em consultoria de imagem pessoal, com 16 anos de atuação, e autora do livro "Qual é a sua imagem?". 
E Ana Fontes, graduada em Propaganda e pós-graduada em Marketing pela ESPM e Relações Internacionais pela USP.

Na entrevista a seguir, Natália Leite fala mais sobre o projeto.

Como surgiu a ideia deste projeto?
Conheci Ana Paula Padrão na redação da TV Record. Naquele momento éramos apenas colegas de profissão, mas logo descobrimos que tínhamos muito em comum. Cada uma já tinha seus projetos de empoderamento feminino. Logo percebemos que poderíamos usar nossas habilidades profissionais e o que cada uma havia aprendido até ali para criarmos um novo método, uma nova ferramenta para acordar o potencial feminino. Experimentamos muitos formatos. Chegamos a montar aulas de quase 30 minutos. Foi um longo caminho para chegarmos até a fórmula de vídeos de dois minutos com linguagem simples e divertida. 
Mas valeu cada segundo das inúmeras horas de testes e mais testes. É lindo ver os primeiros resultados - autonomia das alunas, o empenho  das embaixadoras da Escola em seus estados. Cada uma construindo sua estrada, todas conectadas pela certeza que colaborar é bem mais inteligente que competir. 

Qual foi o tempo de preparação, pesquisa e estudo que vocês tiveram para desenvolver os conteúdos apresentados nas aulas?
Tanto eu quanto a Ana Paula estudamos a temática feminina há quase 10 anos. As especialistas - Ana Fontes, Patricia Tucci e Soraia Schutel - também trazem anos de conhecimento. Penso que não se pode dissociar o resultado que temos na Escola de Você deste histórico de todas nós.  
Agora, como ponto de partida mais específico, considero as primeiras conversas que Ana Paula e eu tivemos para responder a pergunta: O que vamos fazer juntas pelas mulheres do nosso país? Essas discussões começaram em 2009. Ali nascia o embrião do projeto que ganhou corpo nos anos seguintes e foi lançado em 2014.

Quais são os pontos principais trabalhados na Escola de Você?
A Escola de Você complementa a educação técnica, tradicional. Trabalhamos habilidades não cognitivas. Na raiz dos vídeos que trazem dilemas do dia a dia da mulher estão conceitos de filosofia, comunicação, empreendedorismo. Conteúdo que leva o indivíduo à reflexão a cerca de si mesmo, das próprias escolhas. Trabalhamos o empoderamento por meio do conhecimento. Primeiro acerca de si mesmo, para que se possa saber quais caminhos escolher, e depois cada um em sua área de maior interesse. 

Quais ganhos, ou mudanças na vida das alunas foram constatados?
O principal ganho é a autonomia que se manifesta das mais diversas formas. Há muitos casos de alunas que estavam fora do mercado de trabalho e encontraram na Escola de Você o que faltava para se recolocarem. Há muitos casos de mulheres que mudaram a qualidade de relacionamentos pessoais e profissionais para melhor. Também ficamos felizes com as empreendedoras despertadas pelo curso. Mas veja que são manifestações distintas do ganho de autonomia, aprovação de si mesma e segurança.

E quais são os planos e novidades da Escola para o futuro, para as próximas turmas?
Neste momento estamos com inscrições abertas para um novo curso de empreendedorismo.  Será também gratuito e certificado pela Aliança Empreendedora (www.escoladevoce.com.br/escolabrilhante). 
Também vem aí um conteúdo específico sobre maternidade e ainda o Módulo Básico II.
Outra novidade bacana é o lançamento do livro que conta a história da nossa Escola. Tudo isso previsto para ainda este ano.
Patricia Tucci, Ana Paula Padrão, Natália Leite e Soraia Schutel em encontro da Escola de Você.

Confira o vídeo de anúncio da Escola Brilhante.


Para mais informações, acesse o site www.escoladevoce.com.br e curta a página no Facebook.