quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Curta-metragem "Aningaaq" complementa cena do filme Gravidade

O vídeo mostra o outro lado do contato da personagem de Sandra Bullock com a Terra

Chegou à internet o curta Aningaaq, que serve como um vídeo paralelo para acompanhar o filme Gravidade.
O vídeo de sete minutos complementa a cena em que a personagem de Sandra Bullock (Dra. Ryan) fala com a Terra, e agora podemos ver a quem pertence a voz que a respondeu. Conforme ela descreve a situação em que se encontra, o homem do outro lado, Aningaaq, dá goles em uma garrafa de bebida e uiva como seus cães. Ele não demonstra preocupação nem quando perdem o contato.
O diretor e roteirista Jonás Cuarón, que colaborou no roteiro de Gravidade, teve a ideia enquanto o pai dele, Alfonso, dirigia o longa.
A intenção era ser apenas um extra da edição em Blu-ray, mas o curta recebeu tanta atenção em festivais que a Warner resolveu indicá-lo para que fosse considerado ao Oscar. E isso pode entrar para a  história como o primeiro longa-metragem e curta, elaborado a partir do mesmo material, nomeados juntos no mesmo ano."Neste momento, o público e a personagem ganham esperanças de que talvez dê tudo certo", disse Jonas ao The Hollywood Reporter. "E aí você percebe que acaba tudo se perdendo por causa da questão da língua”.

Jonás e Alfonso estiveram na Groenlândia e se apaixonaram pela vastidão árida de seu deserto congelado.
Durante uma dessas visitas, Alfonso encontrou um nativo bêbado que se tornaria a base para o personagem, interpretado por Orto Ignatiussen. Jonas, em duas semanas de coleta de elementos para o filme, foi inspirado por uma profunda ligação dos habitantes locais com seus cães de trenó, e decidiu incorporar esse elemento na trama.
Jonas diz que foi cuidadoso "para torná-lo uma peça que pode valer por si própria". O resultado é uma conversa direta entre Aningaaq e Ryan, que está perdida há 200 milhas acima dele. Duas histórias individuais de sobrevivência humana isolada. 

Assista a seguir ao curta Aningaaq.
                             
Gravidade ultrapassou a marca de US$500 milhões arrecadados em todo o mundo, tornando-se um dos mais bem sucedidos filmes de ficção científica de todos os tempos.