segunda-feira, 18 de março de 2013

South by Southwest 2013


O South by Southwest é um festival que acontece em Austin, no Texas, que além de muitos shows também traz novidades sobre tecnologia.

“O SXSW é uma prévia de quais tecnologias alimentarão o mainstream nos próximos anos”, disse Hugh Forrest, diretor do Interactive, o braço digital do evento. Criado em 1987 como um festival musical, o SXSW começou a falar de tecnologia sete anos depois, quando o mercado começava a engatinhar. Hoje a parte interativa ultrapassou os números dos shows e desde 2009 se tornou o carro-chefe do festival. Todos os anos há pelo menos 25 mil participantes de mais de 70 países.
“Os números falam por si. Eles refletem a sociedade em que vivemos”, diz Itai Asseo, vice-presidente da Digital Labs, incubadora de tecnologias emergentes. “No SXSW estão reunidos os representantes da próxima geração de líderes do mercado, aqueles que decidirão o que está por vir”, completa.
Além de teorias mirabolantes e projeções futuristas, o SXSW é também um termômetro da cultura pop. Uma pesquisa revelou que, em 2013, uma fabricante de foguetes e naves espaciais dividiu os holofotes e a preferência do público com Grumpy Cat, o gatinho mau-humorado protagonista de um dos memes de 2013.
No SXSW, assim como na internet, há espaço para tudo. “A relevância do conteúdo na internet hoje pode ser comparada a um café parisiense”, explicou ali Jonah Peretti, fundador do BuzzFeed. Para ele, ao mesmo tempo em que as pessoas estão tomando algo e lendo um livro de filosofia seríssimo, podem parar para observar o que acontece ao redor, brincar com um cachorro e dispersar, para depois voltar à leitura “importante”. “Um ser humano normal é atraído por assuntos variados. É uma questão de comportamento”, diz.

Nesta edição, o grande tema foi a relação do virtual com o físico. Por todo lado havia tecnologias emergentes que possibilitam e ampliam experiências reais e interações físicas. Uma prova disso é o peso de lançamentos que envolvem 3D, interface tátil e realidade aumentada. “É como uma nova camada da realidade, que oferece uma nova visão de espaço em tempo real”, explica Jon Lebkowsky, ícone do ativismo digital. Ele cita a possibilidade de uso deste tipo de tecnologia em protestos físicos, por exemplo.
(Fonte: Estadão)

Olha que engraçado esse Pad Cab de Game of Thrones que circulava por lá, hahaha.
É uma boa opção pra se deslocar na área do festival sem precisar andar muito. As corridas custam em média 10 dólares por pessoa.



A banda brasileira Fresno se apresentou no dia 13 de março.
Esse é um dos vídeos que eles disponibilizaram no youtube:



Dave Grohl deu uma palestra na quinta-feira, onde falou sobre a época do Nirvana, do Foo Fighters, e até que Gangnam Style é uma de suas músicas favoritas, haha.

 A noite ele tocou com o Sound City Players.
Esse é um clipe deles:
 

Eles também lançaram o documentário Sound City no festival.

Paramore, Green Day, 30 Seconds to Mars, Usher, também fizeram shows.

Vídeo de Let the Flames Begin:



Foram mais de duas mil bandas se apresentando nos seis dias de evento em casas de shows, bares, cafés no centro da cidade, ou até mesmo nas ruas, vindos de todas as regiões dos EUA e de vários países.
Entre os brasileiros também teve Emicida, a banda Cine, Tiago Iorc, entre outros.
Além de
425 exibições de filmes espalhadas por várias salas.

 

Joseph Gordon-Levitt esteve lá promovendo seu filme Don Jon, em que foi diretor também. Chega em julho nos cinemas.

  Selena Gomes, Rachel Korine, Ashley Benson e James Franco na exibição de Spring Breakers


Jim Carrey no lançamento de The Incredible Burt Wonderstone

Jared Leto participou de um debate sobre como bandas podem divulgar seus projetos na internet, e também participou da apresentação do documentário Artifact. É sobre o processo do 30 Seconds to Mars contra a gravadora Virgin Records que os processou em 30 milhões de dólares  quando a banda tentou deixar o contrato. A ação foi renegociada e eles acabaram lançando em 2009 o álbum This Is War pela EMI.

 Adam Brody na exibição do filme independente em que atuou Some Girls


O festival foi encerrado com as comemorações do St. Patrick's Day.

Um evento com muitas coisas pra ver, música pra todos os gostos, sem dúvida muito divertido.

 





Espero que tenham gostado. :)
Até a próxima, beijos.