sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Filmes realizados por alunos de Imagem e Som da UFSCar são selecionados para Festival


Os filmes "Modorra" e "Salomé", realizados em 2015 por estudantes do curso de Imagem e Som da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) como trabalho de conclusão de curso, foram selecionados para o 27º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, o Curta KinoforumO festival é um dos maiores e mais tradicionais eventos dedicados ao formato de curta-metragem no mundo. Realizado desde 1990, em São Paulo, o evento é um marco na agenda cultural da cidade por sua programação ampla e diversificada, que é exibida gratuitamente em diversas salas de cinema e centros culturais. O festival procura representar a diversidade e a variedade da produção de curtas, e ampliar o diálogo do audiovisual internacional com a produção latino-americana, além de promover atividades e projetos voltados para o apoio ao desenvolvimento da linguagem, da produção e promoção do audiovisual brasileiro.

Modorra é um filme com a narrativa construída a partir da diluição do tempo cronológico e da dissolução das fronteiras que separam o real do absurdo. Três personagens: um velho marceneiro, uma mulher bailarina e um jovem viciado em internet, imersos num presente débil, vazio de sentidos e repetitivo, buscam por meio de suas memórias e seus sonhos romper com o automatismo e encontrar a liberdade. “Ficamos muito felizes com a seleção do Modorra na 27ª Edição do Kinoforum. O cinema nacional cresce à cada dia, mas ainda é difícil produzir um filme no Brasil. Depois do filme pronto também é um desafio fazer com que ele seja assistido por outras pessoas. Agradecemos a cada uma das dezenas de pessoas que colaboraram para que o Modorra pudesse existir. Começamos com chave de ouro a circulação do nosso trabalho pelo País”, comenta a diretora Ana Tardino Alves.

Já Salomé, flerta com a mistura estética do realismo fantástico e o universo do funk, contando a história da cantora MC Salomé. A MC tenta se firmar como artista independente, mas precisa enfrentar um poderoso empresário musical influente que tenta, por meio de um contrato diabólico, roubar sua identidade. “Estamos honrados e muito felizes com a participação de Salomé no Kinoforum. É um festival muito importante e que dá bastante visibilidade aos curtas no Brasil. Durante um ano, Salomé foi um projeto que tomou conta de nossas vidas, sendo um desafio tremendo fazê-lo dentro da universidade, com poucos recursos. Mas, o processo foi incrível e, absolutamente, crescemos muito como pessoas e futuros cineastas. É muito bom ver o filme ganhar vida e iniciar sua trajetória para poder compartilhar sua história e encontrar seu público. Parabéns a toda equipe e aos apoiadores”, felicita Thiago Jacot, diretor e roteirista do filme.

O 27º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo acontece de 24 de agosto a 4 de setembro. Confira a programação, horários e salas de exibição no site do evento www.kinoforum.org.br/curtas/2016 ou no Facebook, em www.facebook.com/kinoforum.