sexta-feira, 29 de julho de 2016

Em Nome da Lei

Em uma época em que juízes dominam as manchetes dos jornais, sendo aclamados por muitos brasileiros como heróis nacionais, "Em Nome da Lei" é um filme que representa bem os desafios de quem leva essa profissão a sério. 
Com direção de Sergio Rezende, o ator Mateus Solano encarna um jovem e prepotente magistrado federal que chega disposto a desmantelar uma máfia que impera há anos na fronteira do Brasil com o Paraguai.

O longa é baseado na realidade: no juiz federal Odilon de Oliveira, de Campo Grande, conhecido por sua atuação na fronteira paraguaia, onde condenou 120 traficantes e confiscou mais de R$ 2 bilhões do crime organizado. Ele serviu de modelo para o personagem Vitor, além de ter sido consultor durante a produção do thriller.

"Ele foi o ponto de partida. Há uns quatro ou cinco anos, vi uma matéria sobre o Odilon, que enfrentou os reis da fronteira, e achei uma história incrível. Aquela região é uma parte do Brasil que a gente conhece pouco e que quase não é mostrada no cinema nacional. Me encontrei com o Odilon em Campo Grande e também falei com os policiais federais que fazem a escolta dele. Depois, à medida que a gente ia escrevendo o filme, a história foi se distanciando dos fatos ocorridos. Em Nome da Lei é um apanhado de casos que o Odilon me contou, que outras pessoas me contaram e que eu imaginei", explicou Rezende na entrevista durante o lançamento do filme, em São Paulo.

Na história, o juiz conta com o apoio de Alice (Paolla Oliveira), procuradora de Justiça, e Elton (Eduardo Galvão), policial federal que lidera uma equipe na região. Os três irão arriscar as próprias vidas na missão de acabar com o esquema de contrabando e tráfico de drogas controlado pelo chefão Gomez (Chico Diaz), que conta com a conivência do poder público brasileiro e o apoio de criminosos paraguaios e de outros países.

Confira o trailer a seguir.