sábado, 29 de agosto de 2015

Mel Fronckowiak começa ‘Destino Certo’ por estradas na Noruega, Alemanha e Suíça

Em 13 episódios, coprodução do +Globosat apresenta dicas de passeios pela Europa 
Que experiências gastronômicas exóticas você pode ter? Qual autódromo é o mais incrível? Onde se tomam as melhores cervejas e quais são os castelos mais deslumbrantes?
Essas perguntas deixam claro que há muito a se fazer numa viagem além de conhecer os principais pontos turísticos. E é com esse mote que Mel Fronckowiak estreia seu novo programa, "Destino Certo", no +Globosat. São 13 episódios no Velho Mundo, com estreia marcada para a próxima quinta-feira, 3 de setembro, às 21h.
A equipe do programa visitou 11 países, num total de mais de 50 cidades, de maio a junho desse ano. Cada episódio seguirá um tema: trajetos de trem, autódromos, estádios de futebol, cervejarias, parques urbanos, castelos, cachoeiras etc. Em cada um desses tópicos, serão mostradas cinco dicas espalhadas pela Europa. É um diário de bordo para que o espectador conheça os destinos certos de sua viagem, de maneira a economizar tempo e dinheiro.
Na estreia, Mel Fronckowiak revela as belezas de estradas europeias.  A famosa "autobahn" (rodovia) de Munique, a Highway 95, é um dos pontos mostrados. Mel também percorre a Estrada do Atlântico, na Noruega, que vai de Kristiansund ao norte de Molde. Na Suíça, o Passo de São Gotardo é o caminho traçado de Airolo a Göschenen.
A anfitriã da atração revela que, após essa experiência, passou a prestar ainda mais atenção nos locais e nas pessoas que vivem nos destinos visitados. "O mundo vai se tornando menos assustador quando a gente viaja e principalmente quando entendemos que as pessoas não são tão diferentes assim, apesar de falarem outras línguas e terem outra cultura", ponderou a atriz e apresentadora, de 27 anos.
Para quem está ansioso pelo passeio, Mel adianta quais são os destinos que têm tudo para virar moda. "São a Croácia e a Eslovênia. Ainda não são países muito explorados. Ambos têm lugares lindos e cachoeiras absurdas. O pôr do sol de Zadar vale muito a pena. E os valores são bem mais acessíveis que no resto da Europa", recomendou.