domingo, 2 de novembro de 2014

30 mil pessoas curtem o Circuito Banco do Brasil em São Paulo

No último sábado, 1º de novembro, o Circuito Banco do Brasil em São Paulo recebeu 30 mil pessoas, lotando o Campo de Marte. O evento começou com a segunda etapa da II Copa Brasil de Skate Vertical, realizada em parceria com a Confederação Brasileira de Skate. O vencedor foi Leo Ruiz, que ganhou o prêmio de R$ 11.000,00. O segundo lugar foi de Italo Penarrubia, com prêmio de R$ 8.500,00, seguido por Felipe Caltabiano “Foguinho”, que recebeu R$ 6.500,00.
Os shows começaram às 15h15 com a apresentação da banda Helga, vencedora do concurso VOZPRATODOS. Na sequência vieram as atrações brasileiras Pitty e Skank. Depois foi a vez dos internacionais MGMT, Paramore e Kings of Leon.

No palco, Pitty mostrou que a nova fase, iniciada com o disco 
SETEVIDAS, está fazendo muito bem para suas performances. Pitty está cantando melhor do que nunca. O auge do show foi com os hits “Me Adora”, “Na Sua Estante” e “Máscara”, executados em sequência.Uma chuva começou minutos após a subida do Skank ao palco, mas isso não estragou a animação do festival. No fim da apresentação, Samuel Rosa e o grupo receberam os integrantes da banda Cachorro Grande para um cover da “maior banda de rock de todos os tempos”, como disse o vocalista mineiro. Era “Helter Skelter”, dos Beatles. 
O MGMT fez um show embalado apenas durante as músicas mais dançantes, como “Time to Pretend”, “The Youth”, “Flash Delirium”, Electric Feel” e “Kids”.
A partir daí, o clima no festival mudou. O Paramore, com a presença de palco da vocalista Hayley Williams e seus companheiros Taylor York e Jeremy Davis, encantou a multidão que cantou junto do começo ao fim. Os fãs participaram bastante da performance, levando bexigas e cartazes que interagiam com as músicas, ascendendo luzes do celular em “The Only Exception”, além de sempre levantarem os braços e baterem palmas conforme o ritmo da faixa. 
O som da bateria, baixo e guitarra também provocaram elogios dos espectadores. O ponto alto do show foi quando Hayley chamou uma fã ao palco, durante Misery Business, praticamente uma tradição dos shows do Paramore. Foi uma menina que estava grudada na grade em frente ao palco, de óculos e cabelo preso. “Alineee”, gritou Hayley depois de pedir que a garota repetisse seu nome, apresentando a sortuda ao público. Ela pediu que todos a ajudassem e participassem cantando em coro. Na parte do solo, Aline dançou tanto, jogando os cabelos e passando por todo o palco, que o público até ficou gritando seu nome quando ela saiu. “Uau, ela sabia todos os passos da dança”, elogiou Hayley.
O show de 1 hora e meia passou rápido, se encerrando com “Ain’t It Fun”, um dos maiores sucesso do último disco do grupo. 
O Kings of Leon disparou hits e provou que as canções do novo álbum, como “Supersoaker”, “Family Tree”, “Temple” e “Don’t Matter”, agradam até mesmo aqueles que esperam ouvir músicas mais antigas, como “Use Somebody” e “Sex On Fire”.

Depois de passar por Belo Horizonte e Brasília, o Circuito Banco do Brasil se encerra no Rio de Janeiro, no sábado, 8 de novembro, com escalação igual a de São Paulo, apenas sem Skank e com Frejat no lugar na programação.
Confira algumas fotos da edição de São Paulo, disponibilizadas pela assessoria do festival.

-
-

-