terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Capitão Phillips

Baseado na história real de Richard Phillips, capitão do cargueiro Maersk Alabama, que foi mantido refém por piratas somalis durante cinco dias em abril de 2009, Capitão Phillips é um forte candidato ao Oscar.
Dirigido por Paul Greengrass, o mesmo de O Ultimato Bourne, e com Tom Hanks no papel principal.
Vencedor de dois Oscars, por Philadelphia, em 1994, e Forrest Gump, em 1995, a atuação de Hanks provavelmente resultará na sua sexta indicação ao prêmio de melhor ator. 
Impressionante também é este ser o primeiro trabalho de Barkhad Abdi como ator, no papel do sequestrador/pirata Muse.
Os atores somalis e o resto do elenco só se conheceram mesmo em cena, na filmagem do primeiro encontro entre a tripulação e os piratas, provocando uma sensação mais próxima do real naquela situação.

Na trama, Phillips é um comandante naval experiente, que aceita trabalhar com uma nova equipe na missão de entregar mercadorias e alimentos na Somália. Logo no início do trajeto, ele recebe a mensagem de que piratas têm atuado com frequência nos mares por onde devem passar. E isso não demora a acontecer, quando dois barcos chegam perto do cargueiro, com oito somalianos armados, exigindo todo o dinheiro a bordo. Embora Phillips utilize todos os procedimentos possíveis para dispersar os inimigos, eles conseguem subir à bordo, ameaçando a vida de todos. Quando pensa ter conseguido negociar com os piratas, o comandante é levado como refém em um bote. Começa uma longa e tensa negociação entre os sequestradores e os serviços especiais americanos, para tentar salvar o capitão antes que seja tarde.
Veja o trailer.



Um filme que te prende do início ao fim, fazendo você sentir na pele cada momento. De tirar o fôlego.
Um filme bom de verdade é o que consegue te levar pra dentro da cena, que não te convence de que são só atores em mais um filme. Capitão Phillips consegue isso e será lembrado por muito tempo na história do cinema.

Gostaram?
Deixe seus comentários.

Até a próxima!